Notícias

Atendendo reivindicação da OAB-TO, Secretaria fará adequação estrutural de parlatório na CPP e revogará agendamento do atendimento para a advocacia

07/08/2019 14h42 - Atualizado em 14/08/2019 10h09

ASCOM OAB/TO
(Por Emerson Alencar)

Atendendo reivindicação da OAB-TO, Secretaria fará adequação estrutural de parlatório na CPP e revogará agendamento do atendimento para a advocacia

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins conseguiu avanços importantes para a classe e para a segurança dos reeducandos.

Durante reunião na manhã desta quarta-feira, 7, o presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, ouviu o compromisso do secretário da Cidadania e Justiça do Estado, Héber Fidelis, de atender reivindicações importantes feitas pela Ordem ao Poder Público Estadual.

Dentre elas, a adequação de parlatório na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas para uso da advocacia, além do fim do agendamento prévio do atendimento para a advocacia na Capital a partir de segunda-feira, que agora será feito apenas via aviso prévio do causídico.

“É um grande avanço que demos na busca pelos direitos da advocacia, principalmente a criminal, dos reeducandos e da própria sociedade, que hoje tem sofrido com a falta de estrutura para atendimento de seus clientes dentro da CPP de Palmas e que agora poderão trabalhar com mais dignidade, além do fim do agendamento prévio para atendimento na Capital, cumprindo o Estatuto da advocacia”, argumentou Gedeon Pitaluga.
De acordo com o secretário Héber Fidelis, as medidas serão implantadas já nos próximos dias.